Tel.: (11) 2936-5446

Rua da Mooca, 3177

Produtos

Aromaterapia

Antroposofia

Cosméticos

Ervas Medicinais

Essenciais Florais

Fitoterapia

Homeopatia

Manipulação

Produtos Naturais

Óleos Essenciais

Oligoelementos

Medicina Ortomolecular

Fitoterapia



A Fitoterapia pode ser definida como a ciência que previne e trata os problemas de saúde utilizando os vegetais Fitoterápicos são drogas exclusivamente derivadas de plantas, a planta inteira ou seus extratos, e são usados com o propósito de cura.
É considerado fitoterápico toda preparação farmacêutica (tinturas, extratos, cápsulas e cremes) que utiliza como matéria-prima parte de plantas (como folhas, caules, raízes, flores e sementes) com conhecido efeito farmacológico.
O uso adequado dessas preparações traz uma série de benefícios para a saúde humana, ajudando no combate a doenças infecciosas, disfunções metabólicas, doenças alérgicas e traumas diversos, entre outras.
Outras vantagens do uso de fitoterápicos são o seu baixo custo, a grande disponibilidade de matéria-prima (plantas) e a preservação da cultura e sabedoria popular.

Os Fitoterápicos podem apresentar-se sob a forma de:

“Extratos ou Princípios Ativos: As plantas possuem na sua composição diversas substâncias, sendo que algumas foram identificadas como responsáveis pela sua ação medicinal, estas substâncias são chamadas de princípios ativos”.
São preparações concentradas de consistência líquida, viscosa ou na forma de pó, geralmente obtidas a partir de partes secas das plantas em contato com um líquido extrator.
Pós ou Plantas Moídas: São utilizados nos casos em que ainda não foram determinados quais os princípios ativos responsáveis pela ação, sendo assim é recomendado utilizar a planta inteira, pois estaremos preservando todos os seus constituintes, e garantindo o benefício esperado.
Atualmente se conhece a ação de muitas plantas sem poder afirmar qual é o princípio ativo responsável por elas, apesar da ação medicinal estar comprovada cientificamente.
Pós ou Plantas Moídas são preparações em que se utiliza toda a planta; não havendo separação de princípios ativos.
Tinturas: soluções alcoólicas ou hidroalcoólicas (álcool ou água, respectivamente) preparadas a partir de vegetais.
Xaropes: preparações líquidas e viscosas para uso interno, contendo em média 66% de sacarose (açúcar), o que garante à preparação seu tempo de validade.
Comprimidos: feitos pela compressão de material em pó ou granulado.
Cápsulas: constituídas por um invólucro de gelatina dura ou mole contendo no seu interior substâncias medicamentosas (pó ou extrato de planta).



Design
Todos os Direitos reservados a Oligo Farma - Oligo Farma
Desenvolvimento