Tel.: (11) 2936-5446

Rua da Mooca, 3177

Produtos

Aromaterapia

Antroposofia

Cosméticos

Ervas Medicinais

Essenciais Florais

Fitoterapia

Homeopatia

Manipulação

Produtos Naturais

Óleos Essenciais

Oligoelementos

Medicina Ortomolecular

Homeopatia



Prezado Cliente: Aqui você encontra informações gerais sobre o uso correto dos medicamentos homeopáticos, precauções e advertências. Procuramos esclarecer as dúvidas mais comuns. Para quaisquer outras informações contate nossa farmacêutica. Nossos profissionais estão à sua disposição para assessorá-lo em tudo que for preciso. Temos como objetivo alcançar sua plena satisfação e não pouparemos esforços para que isso aconteça.

1) Recomendações que irão favorecer o seu tratamento e garantir a sua saúde
Na Oligofarma todos os medicamentos são elaborados sob manipulação criteriosa e supervisão constante de farmacêuticas especializadas, proporcionando ao cliente, além de rapidez e segurança, um produto de total qualidade e confiabilidade

2) Informações sobre o uso correto dos Medicamentos Homeopáticos
1) Não se automedique e não dê ouvido a palpites! Siga sempre a orientação do seu clínico. Como você já sabe, a prescrição do medicamento homeopático é individualizada.
2) Seu medicamento é de uso pessoal e intransferível e deve estar lacrado no momento da retirada. Certifique-se que o seu nome e do profissional que o consultou constam no rótulo, onde também devem constar as datas de manipulação e prazo de validade, o número do registro no livro de receitas da farmácia, a fórmula do medicamento solicitado e o modo de usar.
Antes de começar a tomar seu medicamento, confira o rótulo com a prescrição feita pelo clínico. Faça isto principalmente se seu pedido foi feito por telefone.
3) Mantenha o medicamento na embalagem original, bem fechada, em local seco e fresco, longe da umidade, ao abrigo da luz solar direta e do calor. Em caso de alteração de cor, odor, consistência ou sabor, procure seu farmacêutico para esclarecimentos.
4) Não o guarde em armários de banheiro ou perto de pias e lavatórios. Mantenha-o longe de perfumes e/ou quaisquer substâncias que apresentem forte odor.
5) Mantenha o medicamento homeopático distante de radiações eletro-magnéticas (geladeira, televisão, microondas, celular, etc...).
6) Manuseie os produtos com as mãos limpas e secas. Em se tratando de cremes, pomadas ou géis, evite sua contaminação utilizando a espátula (pazinha) que acompanha a embalagem. Após o seu uso, lave-a corretamente com água corrente e sabão neutro, enxugando-a com papel toalha para depois reutilizá-la. Procure também evitar exposição ao sol.
7) Na hora de tomar, coloque a quantidade de glóbulos ou tabletes na tampinha do frasco e vire na boca, para evitar o contato com as mãos. Ao tomar medicamentos em gotas, não encoste a cânula na boca, pois isto poderá levar contaminação para o interior do frasco de medicamento.
8) Não utilize o mesmo conta-gotas para medicamentos diferentes.
9) Tome seu medicamento, preferencialmente, longe das refeições. A dose única pode ser tomada em jejum, ao acordar, ao deitar, ou conforme orientação do clínico.
10) Durante o tratamento, evite contato com qualquer produto à base de cânfora (ex.: gelol, vick, etc...).
11) Princípios ativos de origem vegetal, como as tinturas, tem sua coloração natural variável de acordo com a época da colheita da planta e podem gerar variações na cor final do medicamento.
12) Algumas matérias-primas são naturalmente coloridas e/ou tem odor forte e são evidentes mesmo quando misturadas com outras substâncias.
13) O peso ou o volume dos medicamentos está discriminado no rótulo e independe da capacidade máxima das embalagens.
14) É permitido, durante o tratamento homeopático, a ingestão de álcool, café, chá etc; a não ser que seja recomendado pelo médico uma dieta de restrição.
15) Comunique ao clínico qualquer mudança em seu estado de saúde. É possível que ele precise alterar a prescrição inicial em função das novas informações. Não espere o dia marcado para a nova consulta. A boa relação clínico-paciente é fundamental para o êxito do tratamento.
16) Consulte seu médico a respeito de suas atividades físicas: saiba que alguns medicamentos podem causar sonolência e não se deve dirigir veículos ou operar máquinas durante o seu uso.
17) Em caso de gravidez ou lactação informe-se com seu médico sobre a necessidade de interromper, ou não, o uso do medicamento.
18) Não utilize medicamentos com o prazo de validade vencido.
19) Somente repita uma receita se seu clínico assim recomendar.
20) Medicamentos Homeopáticos somente devem ser adquiridos em farmácias com manipulação homeopática, pois lá haverá um farmacêutico especialista em homeopatia.
21) A prescrição feita pelo clínico deve ser entendida por toda farmácia com manipulação homeopática. Quando isso não ocorrer, pode ser que se trate de uma prescrição em código. O uso de código, siglas, números e nomes arbitrários, são proibidos pela legislação farmacêutica brasileira e pode colocar sua saúde em risco. No caso de prescrição em fórmula, a composição deverá estar discriminada no rótulo.
22) A presença do farmacêutico homeopata é sua garantia de receber exatamente o medicamento de que necessita. Procure conhecê-lo! "Sempre que houver dúvidas com relação ao preparo ou uso dos medicamentos, procure pelo farmacêutico".

3)Perguntas e Respostas
Pergunta: Existem medicamentos homeopáticos que são mais fortes do que outros?
Resposta: Não é uma questão de mais forte ou mais fraco. Existe sim, um medicamento adequado ao quadro clínico de cada paciente. O clínico seleciona o medicamento e a potência de acordo com os sintomas do paciente.

Pergunta: Deve-se acordar o paciente para dar o medicamento nos horários marcados?
Resposta: Normalmente não se interrompe o sono durante o tratamento homeopático, a não ser que seja recomendação do clínico.

Pergunta:Durante o tratamento homeopático é proibido ingerir álcool, café, chá, etc?
Resposta: Não necessariamente, a não ser que seja recomendado pelo clínico algum tipo de restrição em sua dieta.

Pergunta: Os alimentos interferem no tratamento homeopático?
Resposta:Sim, não apenas no homeopático, mas em qualquer tipo de tratamento. Preferencialmente, os medicamentos homeopáticos devem ser tomados longe das refeições, a não ser que sejam assim recomendado.

 

Pergunta: Por que os medicamentos homeopáticos não vêm acompanhados de bula?
Resposta: O medicamento homeopático é indicado pelo conjunto de sintomas do paciente respeitando sua individualidade. Somente o clínico homeopata está habilitado a fazer esta análise. Doenças iguais podem ser tratadas com medicamentos diferentes. A indicação e a posologia do medicamento homeopático dependem da prescrição médica, devendo, portanto, constar da rotulagem do mesmo desde que esteja determinada na prescrição médica.

Pergunta: Posso trocar tabletes por glóbulos, líquidos ou papéis?
Resposta: As formas farmacêuticas servem como veículo para os medicamentos. A apresentação não interfere no efeito terapêutico do medicamento, porém é sempre aconselhável seguir a prescrição do clínico. Algumas circunstâncias determinam a opção: os líquidos são recomendados para os diabéticos ou para pacientes sensíveis à lactose; para os que têm restrição ao álcool, recomenda-se o uso de tabletes, glóbulos ou papéis. Caso tenha preferência por alguma forma farmacêutica, o melhor é comunicar a seu clínico, para que, se possível, ele prescreva o medicamento na forma farmacêutica de sua preferência, adequando a posologia.

Pergunta: O tratamento homeopático provoca efeitos colaterais ou reações adversas?
Resposta: Pode ocorrer o aparecimento de sinais e/ou sintomas decorrentes da resposta ao medicamento. Nestes casos, é importante comunicar ao seu clínico. É por isso que se deve evitar a automedicação.

Pergunta: O tratamento homeopático é demorado?
Resposta: Geralmente não, porém a resposta ao tratamento é individual e, assim o tempo de cura é variável. Um bom exemplo de ação rápida dos medicamentos homeopáticos é sua utilização em casos agudos, onde sua ação restaura rapidamente o estado de equilíbrio da energia vital do paciente.

Pergunta: A homeopatia trata todas as doenças?
Resposta: Existem doenças que são incuráveis por qualquer forma de tratamento, devido a lesões irreversíveis nos órgãos. Nestes casos, o que o tratamento homeopático pode fazer é melhorar a qualidade de vida do paciente.

Pergunta: Durante a gravidez e amamentação pode ser feito tratamento homeopático?
Resposta: Sim, provavelmente será bom para o bebê. Mas, especialmente nesta época, só use medicamentos com orientação do seu médico.
 
Pergunta: Se o paciente esquecer de tomar o medicamento em um ou mais horários, comprometerá o tratamento?
Resposta: O horário de administração do medicamento é importante. Tome assim que lembrar, dando continuidade ao tratamento.
 
Pergunta: Há diferença entre Fitoterapia e homeopatia?
Resposta:Sim. A Fitoterapia é a forma de tratamento que usa medicamentos de origem vegetal, em forma de cápsulas, tinturas, chás, etc. A homeopatia utiliza medicamentos de origem vegetal, mas também animal e mineral. Além disto, a técnica de preparo dos medicamentos é específica e totalmente diferente da empregada no preparo de fitoterápicos.
 
Pergunta: Pode-se tomar medicamentos alopáticos ou fitoterápicos durante o tratamento homeopático?
Resposta: Para isso é indispensável que seja consultado seu clínico porque ele é a pessoa mais indicada para avaliar a necessidade desta associação.



Design
Todos os Direitos reservados a Oligo Farma - Oligo Farma
Desenvolvimento